Polipiso do Brasil

PISO PARA HANGAR COM GRANDES EXIGÊNCIAS DE RESISTÊNCIA E DURABILIDADE

O piso para hangar deve ser muito bem planejado, desde a análise do solo, passando pelo tipo de aeronave a ser taxiada, seu peso próprio e o tipo de logística que haverá neste ambiente, ou seja, será um hangar de passageiros, de carga ou ainda de manutenção de aeronave. Toda e qualquer informação é de suma importância para o dimensionamento correto da estrutura do piso.

A ANÁLISE TÉCNICA PARA A ESCOLHA DE UM PISO PARA HANGAR

O que podemos observar no mercado como um todo é a grande preocupação com dimensionamentos físicos da estrutura do pavimento, em que normativas nacionais e internacionais, além de uma vasta literatura mundial, norteiam o engenheiro calculista na missão do dimensionamento. Porém, quando adentrarmos na esfera do revestimento superficial, encontramos apenas especificações de fornecedores de insumos direcionando o seu produto ao ambiente, ao qual deveria ser totalmente contrário, é preciso analisar a necessidade do ambiente e verificar se o produto atende a estas premissas plenamente ou até mesmo parcialmente.

O desafio para escolha de um revestimento de um piso para hangar, inicia-se por dimensionar o grau de resistência física e química que este material deve ter. Normalmente outro contexto inserido é o efeito estético, algo que não poderia deixar de ser considerado, já que uma aeronave merece um piso ou revestimento à sua altura.
Resistência Química: A utilização de óleos altamente corrosivos em aeronaves exige que o piso para hangar seja revestido por um sistema resinado que tenha uma alta resistência aos produtos químicos e que eventualmente possam ser derramados, como exemplo o Skydroll óleo altamente agressivo, ao qual a grande maioria das resinas de mercado não resiste O que precisa entender é que existe um tempo ao qual este material pode ficar depositado sobre a resina sem afetá-la, ou seja, no caso de um revestimento uretano se for efetivado uma limpeza nesta área em até 3 horas após o derramamento não comprometerá a integridade do revestimento.
Resistência física: partindo da premissa mais agressiva que seria de um hangar de carga onde existe uma movimentação de empilhadeiras intensa, a utilização de um revestimento para piso de hangar deve ter uma alta resistência à abrasão e a impactos, devendo ser, portanto de alta espessura, sugestão mínima de 4 mm, no sistema autonivelante. 
Quanto ao aspecto estético este é bastante subliminar, a escolha do revestimento do piso para hangar deve ser avaliada por um arquiteto ou projetista e estar em harmonia com o ambiente. Tratando-se de um revestimento resinado, esta pode ser feita pela escolha da cor que mais se adequa às necessidades, podendo ser feita através de uma pintura de poliuretano alifático e ainda estar sendo utilizada para fazer faixas de demarcação ou áreas pré-determinadas com para diferenciação destas.
Consulte a Polipiso do Brasil para uma avaliação técnica em seu projeto ou reforma do piso de hangar.

Solicitar Orçamento